Jesus morreu sexta-feira, 3 de abril do ano 33, afirma estudo geológico sobre terremotos da época



De acordo com a pesquisa, Jesus morreu numa sexta-feira, do ano 33, dia 3 de abril. A data foi possível através de avaliação de terremotos.
A investigação, a partir da revisão do International Geology, usou dados sobre as atividades sísmicas ao redor do Mar Morto, local que fica 13 km de distância de Jerusalém.
No Evangelho de Mateus, capítulo 27, diz que enquanto Jesus estava morrendo na cruz, um terremoto sacudiu a região, espalhando vários túmulos e fazendo o céu ficar escuro.
Agora, cientistas analisaram os textos bíblicos e fizeram analogias com os registros geológicos e dados astronômicos para encontrar a possível data da morte de Jesus.
O geólogo Jefferson Williams do Supersonic Geophysical e seus colegas do German Research Center of Geosciences, estudaram amostras de solo da praia Ein Gedi, localizada próxima ao Mar Morto.
Pesquisando as camadas mais profundas do solo, dois terremotos foram detectados. Foi possível verificar a sedimentação das camadas, ano após anos, o que ajudou os cientistas a fundamentarem a afirmação da data.
Um grande terremoto generalizado ocorreu entre os anos de 26 a.C e 36 d.C, o que pode ser o mesmo indicado no Novo Testamento.
Williams disse que o último terremoto ocorreu quando Pôncio Pilatos era procurador da Judéia. Segundo o pesquisador, a data da crucificação está em grau razoável de precisão, mas o ano ainda está sendo colocado em dúvida.
O cientista usou como base para suas analogias as seguintes informações:
1 – Todos os quatro evangelhos e os Anais do governador Tácito (XV 44, escrito em 115/117 d.C) concordam que a crucificação ocorreu quando Pôncio Pilatos era procurador da Judéia, entre 26 e 36 d.C.
2 – Todos os quatro evangelhos dizem que a crucificação ocorreu em uma sexta-feira.
3 – Todos os quatro evangelhos concordam que Jesus morreu poucas horas antes do início do sábado judaico, ou seja, em uma sexta-feira.
4 – Os evangelhos sinóticos (Mateus, Marcos e Lucas) indicam que Jesus morreu antes do anoitecer no dia 14 de Nisan, antes do início da refeição da Páscoa.
5 – O evangelho de João difere dos evangelhos sinóticos, indicando que Jesus morreu antes do anoitecer no dia 15 de Nisan.
Os cientistas disseram que esses dados combinados com os indícios encontrados, mais o calendário judaico e pistas astronômicas, indicam que Jesus realmente teria morrido sexta-feira, dia 3 de abril do ano 33.
Outra pista nos evangelhos também apoia a teoria. Três dos quatro evangelhos canônicos relatam escuridão do meio-dia às três horas da tarde após a crucificação.
Williams disse que este fato poderia ter sido causado por uma tempestade de poeira – e agora ele está procurando amostras de solo para verificar se existem evidências reais sobre isso.

FONTE: jornalciencia.com

Autor gazetabarauna

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Para Editá-lo no html ok
    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 Pessoas comentaram:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Vídeo do dia

RECOMENDO

2leep.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Enquanto isso no Ocioso